17/03/2019

Constantes faltas de energia revoltam moradores em Pontal
A EDP Escelsa é a concessionária de energia que atende a região



 Um grande número de moradores de pontal do Ipiranga estão se organizando para entrar na justiça contra a EDP Escelsa.

Essa informação se confirma com a grande procura de moradores que têm ido à sede da associação relatar prejuízos com as constantes falta de energia.

O Site do Pontal consultou um advogado e ouviu dele a seguinte explicação:

" Todos os qu se sentirem lesados e prejudicados com a falta de energia podem sim, recorrer à justiça, mas sem a comprovação do prejuízo sofrido fica muito mais difícil se ganhar uma ação contra a EDP- Escelsa."

Durante os dias de Carnaval foram muitas as vezes em que grande parte do balneário ficou totalmente às escuras.

A revolta contra a frequente interrupção no fornecimento de energia elétrica não fica limitada somente aos moradores do núcleo de  Pontal. Diversos proprietários de chácaras na região de degredo também têm sofrido com a falta de energia qiue por vezes perdura por mais de l5 horas.

Entramos em contato com ol presidente da Associação de moradores de Pontal, Francisquinho da Peixaria que informou o seguinte :

"Já enviamos ofício para a EDP Ecelsa, solicitando uma audiência com um grupo de moradores daqui de Pontal, para ouvirmos deles as explicações sobre esse transtorno da falta de energia que causa tantos prejuízos a todos nós".

Falta agora a EDP Escelsa marcar a data para que este grupo de comerciantes e moradores possa se deslocar até a sede da empresa para manter essa conversa com a diretoria.

Segundo o presidente, uma ação na justiça não está descartada, mas que primeiro irá seguir os trâmites devidos ouvindo e anlisando quais as ações que a  irá desenvolver para pôr fim ao problema da falta de energia.

O site continua acompanhando e atuailzando este assunto.